Categorias

Arquivo

16 de agosto de 2016

Os usuários de celular estão se acostumando à ideia de compartilhar sua localização com as marcas. Os consumidores já reconhecem que o compartilhamento de informações pode gerar benefícios, como serviços melhores para aplicativos, anúncios mais relevantes e conteúdo mais interessante de acordo com as coordenadas do GPS. Os empresários também percebem as vantagens dessa relação: mais clientes para o seu negócio. Confira como uma estratégia de publicidade local móvel pode direcionar as conversões.

Listas de pesquisa local e mapas
Empresas de praticamente todas as indústrias estão utilizando dados locais para aumentar suas conversões entre os clientes móveis, aproveitando as listas de pesquisa local. O Google atualizou recentemente seus recursos de pesquisa localizada, incluindo um "conjunto local" de resultados relevantes além de um aumento no número de filtros dinâmicos, que refinam a busca com base nas informações locais. Uma rede social amplamente utilizada também fortaleceu sua estratégia de localização, oferecendo anúncios específicos para as localizações de lojas individuais, mesmo se a empresa tiver filiais em locais diferentes. A empresa também está integrando mapas aos seus anúncios, seguindo a mesma linha da estratégia de marketing baseada em GPS do Waze. Divulgar o seu negócio no GPS ou em aplicativos orientados para localização, utilizados frequentemente por consumidores locais, é uma ótima forma de aumentar a visibilidade e direcionar ofertas para o seu público-alvo.

Geolocalização
Os dados de localização abrangem muito mais do que apenas a posição geográfica do consumidor. São também uma parte importante da variedade de informações que determina o perfil do cliente e, junto com outros dados de comportamento e contexto, funciona como uma forma de personalizar a sua publicidade local. Os dados locais podem mostrar os interesses e atividades do público-alvo, os momentos mais prováveis de visita ao seu negócio, as ações que tomam antes de ir à sua loja, entre outras informações. Assim, você pode adicionar esse conhecimento aos dados que já tem sobre sua localização e criar anúncios personalizados, que aparecerão diretamente nos dispositivos móveis dos clientes.

Por exemplo, um Applebee's dentro de um shopping pode aproveitar a localização e enviar geocupons para os clientes próximos — eles podem direcionar suas propagandas com base no horário, oferecendo promoções especiais aos consumidores famintos bem na hora do jantar, ao final de um longo dia de compras. Uma loja de artigos de corrida que vende seus produtos em suas lojas física e virtual pode divulgar sua empresa por meio de duas estratégias de e-mail: uma campanha geral direcionada aos clientes em qualquer parte do país, e outra campanha dirigida aos corredores locais, destacando os eventos da loja, as corridas locais, campanhas beneficentes e outras informações da comunidade. Em ambos os casos, as marcas podem usar a localização para aumentar a relevância do seu marketing.

Call-to-Action
CTAs (do inglês, calls-to-action, aquelas chamadas para atrair a atenção do cliente e incentivá-lo a executar uma ação) também podem fazer um bom uso das informações locais, incentivando os consumidores a visitar uma loja específica quando estão nas redondezas. As ofertas feitas em um celular podem ser divulgadas com base na proximidade, com uma CTA que sugere aos clientes "conheça nossa loja ao final da rua e ganhe um drink grátis" ou "visite nossa loja entre 12h e 15h e ganhe 10% de desconto". Ao criar essas campanhas, você pode comparar suas ofertas locais móveis com as ofertas que não utilizam o filtro de localização. Essa prática ajuda a medir a eficácia dos dados de localização no aumento de conversões.
Conforme afirma o CMS Report , a taxa de conversão em smartphones é 64% maior do que a taxa de conversão em desktops. A sua estratégia de marketing móvel local é, portanto, essencial para direcionar as conversões.
No Brasil, apesar do cenário político-econômico incerto, a expectativa é de que o mercado de publicidade móvel não seja afetado, segundo o grupo Converge Comunicações e de acordo com pesquisa feita pelo eMarketer, que prevê um crescimento de 17,9% no número de usuários de smartphones este ano.

≥≥ Precisa de um atalho?
1. A crescente base de dados provenientes da localização está criando novos padrões para filtros e direcionamento de marketing.
2. A geolocalização permite que você envie ofertas para consumidores interessados que estão próximos de você, quando estão propensos à conversão.
3. Utilize CTAs atraentes para conquistar os clientes.
facebook twitter email

Já falamos muito sobre a gente

Vamos falar de você

Será que acabamos se tornam melhores amigos ? Você vai ouvir de nós em breve.