Categorias

Arquivo

16 de agosto de 2016

Quem vive de olho nos processos de comunicação para ter ideia de como a produção de conteúdo será no futuro, logo percebe que é evidente o fim das propagandas interruptivas - o irritante pop-up que surge na tela e atrapalha o fluxo de navegação do internauta, por exemplo. Os tradicionais banners sobreviverão por algum tempo ainda. Porém, pesquisas de eyetracking provam que os usuários são capazes de navegar pela web sem notar sua presença. A peça publicitária está na tela, mas o usuário não dá conta de sua existência e, portanto, ela não é eficaz. A produção de conteúdo publicitário precisa mudar.

Diante desse cenário, a eficiência dos conteúdos publicitários aponta para peças que possuem algumas características em comum. Entre elas, a capacidade de fazer parte do cotidiano do consumidor em lugar de interromper o que ele está fazendo. O produto precisa ser um dos personagens do seriado de TV ou um dos posts relevantes na timeline das redes sociais. De preferência, deve conter elementos que estimulem a propagabilidade, item fundamental da produção de conteúdo e que age por meio do compartilhamento e o engajamento espontâneo entre o público interessado.

Uma campanha que foi inserida no cotidiano das pessoas de uma forma muito inteligente foi a divulgação da temporada de 2016 de House of Card. A série aproveitou o período das eleições americanas para colocar, em intervalos comerciais televisivos, a chamada de mais um candidato às eleições americanas: o personagem Frank Underwood. Além da peça para TV, havia também o hotsite do candidato, onde eleitores podiam baixar filtros para suas fotos nas redes sociais, mostrando seu apoio à candidatura de Frank. O sucesso garantiu o Gran Prix de campanha integrada no Festival de Criatividade Cannes Lions 2016. No Brasil, a campanha contou com uma ação digital inovadora, fruto da parceria da Netflix com grandes grupos jornalísticos para criar capas fictícias de revistas como Veja e Carta Capital e jornais como O Povo e Zero Hora. As capas com Frank foram um sucesso de curtidas e de compartilhamento nas redes entre os fãs da série.

O aplicativo Waze, que oferece a possibilidade de escolher diferentes vozes de orientação de navegação, é outra forma atrativa de participar do dia a dia das pessoas. Durante o lançamento do filme Exterminador do Futuro: Gênesis, os usuários do Waze puderam baixar a voz de Arnold Schwarzenegger para orientar sua locomoção no trânsito - estratégia ótima, pois oferece um serviço ao usuário do aplicativo, em vez de interromper sua navegação com peças publicitárias. Na mesma linha, já foram realizadas no Brasil ações em que os usuários baixavam em seus aplicativos vozes em português de personagens de filmes como o robô C-3PO de Star Wars e os pinguins de
Os Pinguins de Madagascar.

Outro fator importante é conquistar a atenção e o engajamento do consumidor a partir de um relacionamento transparente e um compromisso com a sociedade. Marcas que ferem esse compromisso social são duramente rechaçadas. Desenvolver uma comunicação que coexista no ambiente online e offline é mais uma característica que ajuda a atrair a atenção do consumidor, bem como o emprego de um discurso com foco no que realmente interessa ao público-alvo naquele momento, deixando em segundo plano os diferenciais do produto.

>> Precisa de um atalho?

  1. A propaganda eficiente é aquela que possui a capacidade de fazer parte do cotidiano do consumidor, em lugar de interromper o que ele está fazendo.
  2. Deve conter elementos que estimulem a propagabilidade, pois assim, garante que ocorra o gatilho da propagação espontânea entre o público interessado.
  3. Outro fator fundamental é conquistar a atenção e o engajamento do consumidor a partir de um relacionamento transparente e de um compromisso com a sociedade. Marcas que ferem esse compromisso social são duramente rechaçadas.


Eric Messa é professor da Faculdade de Comunicação e Marketing e coordenador do Núcleo de Inovação em Mídia Digital da FAAP. É mestre em Comunicação e Semiótica e já foi articulista do jornal "Meio e Mensagem". Em 2013 foi eleito um dos 50 profissionais mais inovadores do mercado de comunicação e marketing pela revista ProXXIma. Quer saber mais? Conheça nossos autores
facebook twitter email

Já falamos muito sobre a gente

Vamos falar de você

Será que acabamos se tornam melhores amigos ? Você vai ouvir de nós em breve.