Categorias

Arquivo

21 de setembro de 2016

Um dos nossos principais objetivos como profissionais de marketing é enviar a mensagem certa para a pessoa certa e, com o desenvolvimento da tecnologia, é cada vez mais fácil atingir esse resultado com precisão. Dados de GPS estão amplamente disponíveis nos dias de hoje, por isso, a geolocalização tornou-se um fator crucial. Para descobrir como uma mensagem se encaixa em determinada conjuntura, é preciso levar em consideração fatores como localização geográfica, horário e intenção, mas como entender o contexto de cada utilizador? E como os publicitários utilizam o contexto na sua estratégia de marketing? Utilizando dados de geolocalização, é possível verificar padrões gerais de comportamento do consumidor e prever quando ele estará mais propenso a adquirir determinado produto ou marca, ou ir a um destino específico.
facebook twitter email
A visibilidade na publicidade online é um assunto que causa muita discussão hoje em dia.
O Media Rate Council propôs padrões para celulares recentemente, abrindo um período para comentários que encerrou em 30 de abril (informações divulgadas pela PR Newswire). Os padrões sugeridos são basicamente os mesmos dos computadores desktop, de acordo com a Ad Age: anúncios devem ser considerados visíveis se pelo menos 50 por cento dos pixels forem vistos pelo usuário por pelo menos um segundo para anúncios na tela e dois segundos para anúncios no formato vídeo. Há uma ressalva: os anúncios de dentro do feed – que requerem estudo adicional – podem ficar visíveis por um período de tempo mais curto, talvez até 50% menos do que em outros formatos.
facebook twitter email

16 de setembro de 2016

Quer pegar seu público-alvo "no pulo", antes mesmo de ele tomar decisões de consumo? A estratégia de marketing "See, Think, Do, Care", proposta por profissionais do Google aponta um caminho concreto em que a geolocalização pode ser bem aplicada. Essa estratégia ajuda a entender que, sob o contexto da publicidade digital e móvel, não basta saber de que canais ou mídias o público que você quer atingir usufrui. A forma como isso se dá e em que período do dia acontece esse consumo também são fundamentais.
facebook twitter email

14 de setembro de 2016

É cada vez mais comum ver consumidores grudados em seus smartphones, mas isso não quer dizer que eles não usem também seus tablets, laptops e outros equipamentos com acesso à internet. Como publicitário, é necessário se conectar com as pessoas por meio de todos esses recursos — e é aí que entra o monitoramento multiplataforma.
facebook twitter email

13 de setembro de 2016



Qual é o melhor lugar no mundo para dirigir? E onde se curte menos estar atrás do volante?

Waze anuncia hoje pelo segundo ano consecutivo o seu Índice de Satisfação do Motorista, que analisa a experiência de condução de milhões de usuários do Waze em 38 países e 235 cidades, e que dá pontuação de satisfatória (10) a muito ruim (1). Apesar do Waze contar com mais de 65 milhões de usuários ativos em todo o mundo, o estudo concentra-se em países e cidades com mais de 20 mil usuários ativos por mês, o que garante a precisão dos dados e comparações justas entre os países.
facebook twitter email
A cada quatro anos, as marcas têm a oportunidade de celebrar o maior evento do esporte mundial, alcançando consumidores e atletas ávidos e interessados. Milhões de pessoas, em todo o mundo, assistem às Olimpíadas e, por isso, é a hora ideal para focar sua atenção em inovações de comunicação e comportamento do consumidor.
facebook twitter email

7 de setembro de 2016

O ambiente mobile tornou-se obrigatório para quem trabalha numa agência de publicidade ou no departamento de marketing de empresas que desejam ampliar o awareness de seu produto ou serviço. É um caminho sem volta e quem não se adaptar a essa nova realidade do mercado certamente está perdendo o bonde da história. No Brasil, quinto maior mercado de smartphones do mundo, 86% do processo de compra do consumidor - seja para pesquisa, comparação de preço ou efetivação de compras - já acontece via celular, de acordo com pesquisas do Google.
facebook twitter email
A publicidade na TV e no Digital são igualmente importantes nas suas campanhas de marketing, mas cada uma tem diferentes métricas de engajamento para medir seu sucesso. A audiência da TV pode ser medida pelos índices da Nielsen (Nielsen Ratings, sistema de medição desenvolvido pelo instituto Nielsen Media Research) ou pelo IBOPE (Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística). Por outro lado, os meios digitais podem ser mais difíceis de serem avaliados, mas permitem que você conheça mais detalhes sobre a sua audiência. Em um cenário em que os celulares viraram a segunda tela, as métricas de TV e do mobile estão, cada vez mais, em sinergia. É essencial entender a conexão entre TV e meios digitais e avaliar como eles podem interagir juntos, otimizando, assim, a forma de usar o seu orçamento no planejamento da próxima temporada de programas.
facebook twitter email

2 de setembro de 2016

Você deve estar por dentro da importância das ações de mídia out of home (OOH) para empresas que pretendem fidelizar e conquistar novos consumidores. Mas é bom lembrar de alguns números expressivos que confirmam esta grande tendência e mostram porque a geolocalização é uma grande aliada no sentido de impulsionar marcas e fazer sua mensagem chegar ao consumidor no momento em que está em movimento.
facebook twitter email

1 de setembro de 2016

As Olimpíadas de 2016 foram uma prova clara de como o perfil do consumidor mudou rapidamente em relação ao uso dos dispositivos móveis. O tráfego de dados durante a festa de abertura dos jogos no Rio dobrou em relação à final da Copa do Mundo de 2014. De acordo com a Anatel, houve uma média de 36 fotos enviadas/recebidas por espectador num período de quatro horas, enquanto na final da Copa o número foi de 18 fotos. Esse é apenas um dos dados que comprovam o crescimento da conectividade móvel no Brasil e no mundo.
facebook twitter email

Já falamos muito sobre a gente

Vamos falar de você

Será que acabamos se tornam melhores amigos ? Você vai ouvir de nós em breve.