Categorias

Arquivo

31 de março de 2017


Se os carros sem motoristas são o futuro (como parecem ser), a publicidade pode, em breve, sofrer uma transformação completa. Sem a obrigação de prestar atenção na estrada, motoristas e passageiros se tornarão público cativo para publicidade móvel e out of home (OOH). Saem o volante e o painel, entram as telas – e com elas um novo canal para marcas e suas mensagens.

Carros sem motoristas podem estimular um renascimento da publicidade OOH, amplificando uma evolução que já vem acontecendo graças à tecnologia móvel e dados de localização. Esses veículos podem acelerar a proliferação de outdoors inteligentes e delimitados geograficamente, que serão capazes de adaptar mensagens em nível individual. E outros dispositivos inteligentes – de smartphones a aparelhos conectados à Internet – podem trabalhar integrados com as mensagens OOH.

Outdoors personalizados
Atingir o consumidor certo, no momento certo, com a mensagem certa é um desafio de marketing. Um outdoor digital, delimitado geograficamente, tem o potencial de resolver os três problemas ao entregar conteúdo personalizado que se torna relevante no espaço e no tempo por causa da localização física do consumidor. Por exemplo, se o meu celular sabe que eu pesquisei sobre "a melhor ração de cachorro", ele poderia acionar um outdoor personalizado, cheio de filhotes na próxima vez que eu passar por uma pet shop.

Imagine agora, juntar esta transformação com o crescente movimento da Internet das Coisas - a revolução tecnológica que conecta itens usados no dia a dia à rede mundial de computadores, de eletrodomésticos a roupas e peças como maçanetas. Tudo interligado. Um refrigerador de vinho conectado à Internet, por exemplo, poderia avisar meu telefone e meu carro sem motorista quando o meu Merlot preferido tivesse acabado. Se eu dirigir (ou melhor, passar) por perto de uma loja de vinhos, um outdoor digital pode me lembrar que está na hora de comprar uma garrafa, e acionar um cupom no meu dispositivo móvel. Em um mundo de carros sem motoristas, esses anúncios podem se tornar ainda mais chamativos e interativos.

Publicidade de Segunda Tela
As mudanças na publicidade OOH caminham de mãos dadas com o marketing em segunda tela, seja via dispositivos móveis ou telas no carro. Na estrada, o usuário pode ver um outdoor digital personalizado e depois olhar no celular ou na tela do painel e ver exatamente o mesmo anúncio.

Estudos de caso mostraram que a combinação de publicidade OOH e móvel aumenta a eficácia dos anúncios. Em vez de competir, os outdoors OOH e as telas menores servem para complementar e melhorar um ao outro, gerando melhores resultados. Jake Rector, sócio e estrategista de mídia da Tilted Chair Creative, observa que o engajamento de anúncios móveis da Torchy's Taco, em Waco, Texas, disparou depois que outdoors foram adicionados à estratégia. "Depois que os billboards foram incluídos na campanha, a taxa de cliques do Waze quase dobrou", Rector disse ao The Drum. "Isso significa que como os motoristas estavam mais cientes da marca por causa dos outdoors, era mais provável que eles clicassem no anúncio do Waze."

Além dos dispositivos móveis, as telas do carro certamente se tornarão mais proeminentes e interativas quando os veículos sem motoristas conquistarem popularidade. Enquanto o entretenimento no carro será um benefício para viajantes viciados em Netflix, outra tela também oferece oportunidades para que os publicitários trabalhem em conjunto com OOH. Por exemplo, um carro sem motorista poderia notificar os passageiros quando o combustível estivesse acabando através da tela do carro e dar informações sobre postos nas proximidades e um outdoor digital poderia reforçar a mensagem com ofertas adicionais.

Carros como anúncios
O fenômeno dos carros sem motoristas também possibilitaria outra forma de publicidade OOH: outros veículos. Ainda que a ideia de anúncios sobre rodas não seja novidade , a tática poderia entrar em overdrive se os publicitários perceberem uma oportunidade. Veículos sem motoristas poderiam servir como revistas de cupons em movimento; "carros spam" energeticamente eficientes não poderiam servir para outra finalidade senão vagar pelas ruas alternando mensagens.

Em um cenário mais interessante, os carros também poderiam se tornar veículos para experiências de marca, como sugere Jesse Basham da Lightning Jar. Carros temáticos poderiam acompanhar grandes lançamentos de filmes, com passageiros assistindo uma prévia ou jogando vídeo games interativos no carro.

Para consumidores, no entanto, as melhores aplicações de publicidade OOH em um mundo sem motoristas irão agregar valor, e não causar uma simples interrupção. Em conjunto com dispositivos móveis, a publicidade OOH tem o potencial de criar novas experiências que deixam uma impressão. Se os carros sem motoristas se tornarem populares – e todos os sinais indicam que isso vai acontecer em breve – é uma ótima oportunidade para anunciantes e marcas.


Precisa de um atalho?
  • Carros sem motoristas trarão novas oportunidades para anunciantes atingirem consumidores previamente ocupados com anúncios OOH e móveis. 
  • Dados dos carros e de dispositivos móveis poderiam deixar os anúncios OOH mais personalizados e relevantes. 
  • A publicidade OOH em outdoors pode complementar anúncios móveis, aumentando sua eficácia.
facebook twitter email

Já falamos muito sobre a gente

Vamos falar de você

Será que acabamos se tornam melhores amigos ? Você vai ouvir de nós em breve.