Categorias

Arquivo

1 de julho de 2017

Basta chegar o mês de julho para até quem não tem férias de inverno notar um clima diferente nas metrópoles: hora do rush um pouco mais tranquila, sem o movimento das escolas e faculdades, e aquela lotação acima do comum em shoppings e cinemas.

Em tempos de crise econômica, essa realidade fica ainda mais forte: aqueles que antes viajavam para o exterior no período, agora buscam programas alternativos no país ou em sua própria cidade — no ano passado, os brasileiros somaram o menor gasto do país no exterior desde 2009.

Com mais pessoas em busca de diversão nas capitais, as férias de inverno são uma grande oportunidade para as marcas. Levantamos dados de julho de 2016 do Waze no Brasil para entender melhor por onde trafegam esses consumidores, e trazer insights para as marcas identificarem oportunidades para suas campanhas nas férias de inverno:

Mês da diversão
Julho é definitivamente o mês do entretenimento, e isso fica claro observando as navegações para cinemas, que foram 4 vezes maiores que a média de navegações do ano.


Isto acontece pois o calendário de estréias brasileiro segue o americano, e concentra os principais lançamentos neste mês. Além disso, Wazers são cinéfilos e tendem a assistir filmes na telona 3 vezes mais frequentemente que o moviegoer comum.

Nas férias de inverno, o destino número 1 dos Wazers, o shopping, também recebe mais navegações, assim como restaurantes e fast foods:


Mês de pegar a estradaA vontade de aproveitar as férias para viajar permanece apesar da crise e do dólar em alta. Então, muitas pessoas optam por pegar a estrada e viajar para cidades e estados vizinhos, e isso fica claro observando os dados de navegações.


Julho é o mês com a segunda maior quilometragem rodada por motorista do ano, atrás apenas de dezembro. A velocidade média do mês também é mais elevada, saltando de 25,5 km/hora em junho para 27,4 km/hora.

Apesar do volume de navegações para shoppings, postos de gasolina e supermercados não crescerem tão acentuadamente no período, é preciso ter em mente que o consumidor está vivendo no mindset de férias. Isso acaba mudando seu comportamento de compra, e ele passa a priorizar o lazer e o conforto.

Você pode aproveitar esse mindset para deixar suas campanhas de mobility-based marketing ainda mais contextualizadas e relevantes.

Voltando à rotina
O clima do mês de julho é de férias, mas na última semana do mês é possível perceber uma leve mudança no comportamento do consumidor, que sai em busca de materiais escolares para se preparar para o segundo semestre. Segundo dados do Google, a busca por volta às aulas nesse período é quase tão alta quando no começo do ano. Isso também fica claro no Waze, nas navegações para lojas que vendem esse tipo de produto como Fnac e Saraiva – esta última com um aumento de 33% nas navegações em relação à semana anterior.

O mês de julho está cheio de oportunidades para as marcas. Você já se preparou para impactar seus clientes de forma relevante nessas férias de inverno?
facebook twitter email

Já falamos muito sobre a gente

Vamos falar de você

Será que acabamos se tornam melhores amigos ? Você vai ouvir de nós em breve.