Categorias

Arquivo

Mostrando postagens com marcador Featured. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Featured. Mostrar todas as postagens

13 de abril de 2017


Depois de um 2016 cheio de feriados caindo no fim de semana, todo mundo se animou quando olhou para o calendário de 2017. Com mais de 10 feriados, este é o ano com mais fins de semana prolongados desde 2007. Com essa expectativa, o planejamento para aproveitar essas datas descansando ou passeando fora de casa começou cedo, e com ele, aumenta a chance de vermos mais brasileiros viajando.

facebook twitter email

30 de janeiro de 2017

Lealdade e fidelização são temas constantes no Marketing e, possivelmente, um dos KPIs da sua marca, especialmente em tempo de muita concorrência pela atenção do consumidor. Um estudo da Nielsen mostrou que 78% dos consumidores não se consideram fiéis a nenhuma marca e 61% não pensariam duas vezes antes de trocar de marca para conseguir um preço melhor.
facebook twitter email

10 de janeiro de 2017

Aliar geolocalização e estratégias de venda no varejo pode ser perfeito para apresentar um ponto de venda, uma promoção ou oferecer um cupom de desconto para um consumidor em trânsito. Aliar uma ferramenta digital com localizações físicas tem se mostrado extremamente estratégico para que certas empresas dialoguem com seus clientes. A geolocalização, aliada a um bom planejamento, pode oferecer caminhos férteis para pensarmos ações de comunicação e marketing neste cenário. Neste artigo, vamos discutir cinco pontos para desenvolver ações neste ambiente em que on e off mesclam-se a todo instante.
facebook twitter email

19 de dezembro de 2016

Qual é a sua voz preferida nos aplicativos? Quem conduz você no voice prompt do Waze? Prefere Jane, em inglês, ou nossa querida Alessandra, em português? Ou a voz de uma celebridade indicando seu caminho? Pode até parecer algo banal pensar sobre as vozes que os usuários utilizam em seus aplicativos, mas essa escolha pode dizer muito sobre o comportamento do consumidor e também ajudar empresas a aumentar o engajamento em suas ações de marketing. Sério! Vem comigo que eu explico.
facebook twitter email

14 de dezembro de 2016

A publicidade nativa é muito utilizada para sugerir um novo aplicativo para quem está naquele exato momento, vendo o anúncio pelo celular. Basta um clique para instalar o aplicativo. Mas e se este anúncio já pudesse trazer uma breve impressão do que o aplicativo tem a oferecer antes mesmo da instalação? E se isso acontecesse bem no momento em que você mais precisa?
facebook twitter email

29 de novembro de 2016

A publicidade nativa, também chamada de native ads, é hoje uma das principais tendências de marketing no mundo e o motivo é simples: fiel à estrutura, linguagem e layout de um publisher, oferece uma experiência menos intrusiva, mais imersiva e possivelmente mais relevante para o usuário, deixando os antigos banners para trás de uma vez.
facebook twitter email

23 de novembro de 2016

Contar com apenas um perfil de consumidor não é o suficiente para representar de forma precisa todo o seu público-alvo. Isso não era um problema na época do marketing tradicional, quando as estratégias de direcionamento eram mais simples e os meios de comunicação tinham um alcance muito mais amplo de audiência. As marcas de hoje, que trabalham com o modelo de marketing digital, dependem muito da segmentação de clientes.
facebook twitter email

21 de novembro de 2016

A veloz adesão das pessoas às telas dos smartphones levou à mudança dos investimentos em publicidade e mídia para tais plataformas e, com isso, surgiram os aplicativos de ad blocking. Para não ser bloqueado, como fazer com que minha mensagem seja relevante e detenha a atenção do meu público-alvo? O desafio é corresponder à experiência do usuário na tela do smartphone, menor e interativa, completamente diferente das telas do desktop e do notebook. Além disso, as condições de uso do hardware, bateria, capacidade de armazenamento e qualidade da conexão também são elementos novos, que influem na decisão do usuário de eliminar os anúncios de sua tela.
facebook twitter email

9 de novembro de 2016

"A surpresa é metade da batalha. Muitas coisas são metade da batalha: perder é metade da batalha. Temos que nos concentrar na batalha inteira." Esse célebre trecho do filme Os Intocáveis pode ser facilmente aplicado ao investimento na estratégia de mobile marketing nos dias de hoje. Neste artigo, vamos abordar a "batalha inteira" a ser travada no campo programático: o mobile marketing, o out of home (OOH), a TV linear, o rádio, o celular. Toda batalha precisa começar com um primeiro passo prático e, portanto, este post fará a análise de uma técnica simples e de baixo custo de programática mobile para alavancar qualquer campanha OOH.
facebook twitter email

19 de outubro de 2016

Profissionais de marketing que queiram se destacar vão adotar o mobile marketing. As mensagens apresentadas serão úteis e relevantes para as marcas dentro de um contexto, incentivando visitas a lojas, aumentando o número de ávidos espectadores em estréias de temporadas ou fazendo com que mais pratos sejam saboreados dos cardápios. Os anúncios não terão a menor semelhança com os banners que poluem o lado direito das telas ou os celulares e não serão medidos pela taxa de cliques (CTR). A atenção do consumidor, da mesma forma que os budgets de marketing, está sendo direcionada para o celular. Portanto, é hora de começar a pensar em como utilizar esse veículo de comunicação, quais são suas características exclusivas e como avaliar sua efetividade.
facebook twitter email

10 de outubro de 2016

O Pokémon Go é um fenômeno, uma mania, uma loucura. Quem já não topou, pelas ruas da cidade, com uma multidão de jovens de celular na mão? Num primeiro momento, você pode achar que se trata de uma manifestação política, da fila para uma balada concorrida ou que a Madonna resolveu aparecer para fazer selfies com a galera. Mas logo se dá conta: "Claro, são os caçadores Pokémons"! São mais de 100 milhões de downloads do aplicativo do jogo que caça monstrinhos no mundo, segundo o site TechCrunch, em matéria do começo de agosto. No Brasil, o Pokémon está em 3º lugar entre os jogos mais acessados por smartphone, conquistando mais de 5 milhões de usuários, de acordo com o levantamento da comScore. Nos Estados Unidos, é o 13º aplicativo móvel com mais usuários, alcançando 30% da população mobile no país.
facebook twitter email

21 de setembro de 2016

Um dos nossos principais objetivos como profissionais de marketing é enviar a mensagem certa para a pessoa certa e, com o desenvolvimento da tecnologia, é cada vez mais fácil atingir esse resultado com precisão. Dados de GPS estão amplamente disponíveis nos dias de hoje, por isso, a geolocalização tornou-se um fator crucial. Para descobrir como uma mensagem se encaixa em determinada conjuntura, é preciso levar em consideração fatores como localização geográfica, horário e intenção, mas como entender o contexto de cada utilizador? E como os publicitários utilizam o contexto na sua estratégia de marketing? Utilizando dados de geolocalização, é possível verificar padrões gerais de comportamento do consumidor e prever quando ele estará mais propenso a adquirir determinado produto ou marca, ou ir a um destino específico.
facebook twitter email

13 de setembro de 2016

A cada quatro anos, as marcas têm a oportunidade de celebrar o maior evento do esporte mundial, alcançando consumidores e atletas ávidos e interessados. Milhões de pessoas, em todo o mundo, assistem às Olimpíadas e, por isso, é a hora ideal para focar sua atenção em inovações de comunicação e comportamento do consumidor.
facebook twitter email

16 de agosto de 2016

Os usuários de celular estão se acostumando à ideia de compartilhar sua localização com as marcas. Os consumidores já reconhecem que o compartilhamento de informações pode gerar benefícios, como serviços melhores para aplicativos, anúncios mais relevantes e conteúdo mais interessante de acordo com as coordenadas do GPS. Os empresários também percebem as vantagens dessa relação: mais clientes para o seu negócio. Confira como uma estratégia de publicidade local móvel pode direcionar as conversões.
facebook twitter email

15 de agosto de 2016

Se para avaliar o desempenho dos anúncios móveis da sua marca, você só analisa a taxa de clique, você não tem a percepção correta dos anúncios que realmente funcionam. A taxa de cliques (CTR, ou click-through rate, em inglês) é considerada, há muito tempo, a medida padrão para determinar a efetividade de uma campanha, mas ela pode negligenciar informações importantes, como percepção da marca, engajamento e intenção — principalmente nos dispositivos móveis, nos quais 50% dos cliques podem ser acidentais, de acordo com o Google. Além disso, a CTR parece não estar relacionada — ou até mesmo negativamente relacionada — a outras ações importantes que as marcas querem que seus clientes realizem após visualizarem o anúncio, como fazer ligações, mapear rotas ou visitar a loja, conforme afirma o xAd.
facebook twitter email
Todo mundo adora cookies, mas quando o assunto é mobilidade, digamos que só os do chocolate são bons em viagens. A medição do ROI (retorno sobre investimento) da publicidade não é tão fácil em dispositivos móveis como nos computadores, mas é muito importante rastrear o impacto deste formato de anúncio, pois sua repercussão é muito mais abrangente do que um simples contagem de cliques. Por muito tempo, a única forma de medir ROI em campanhas mobile era saber a quantidade de cliques (notoriamente baixa). As campanhas em dispositivos móveis são, normalmente, mais efetivas dos que as de desktops (como afirma um estudo do comScore), e, neste sentido, progredimos bastante. Hoje, já há mais informações sobre esta medição de ROI. Através da ferramenta Valor do Mobile, por exemplo, o Google apresenta uma maneira mais fácil de conferir o ROI de celular da sua campanha, como afirma Igor Ribeiro, no site Meio&Mensagem.
facebook twitter email

11 de agosto de 2016

Native ads ou publicidade nativa é um termo usado para anúncios que buscam uma identificação direta com o formato das publicações de uma plataforma. Ou seja, em lugar do formato banner, o anúncio tem a aparência de post da rede social, inserido entre os demais posts dos usuários. Isso ajuda a diminuir a disrupção causada naturalmente pela propaganda - coisa que, cada vez mais, costuma incomodar a quem navega na internet.
facebook twitter email

Já falamos muito sobre a gente

Vamos falar de você

Será que acabamos se tornam melhores amigos ? Você vai ouvir de nós em breve.